segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Oscar e novidades

Notícia velha mais que vem com um plus.


A dois meses atrás a Academia de Artes e Ciências divulgou que o Oscar de melhor filme iria passar a ter dez indicados.


Achei a idéia válida e interessante, e que demonstra que COM CERTEZA teremos pelo menos dois filmes de grande bilheteria indicados. Uma forma de tentar alavancar a audiência da cerimônia.


Hoje foi divulgada como funcionará a votação em si.


Em vez de cada jurado escolher apenas um filme, cada um deles, terá de votar em seus dez favoritos em ordem de preferência.


Alguém já tem algum pré-pré candidato ?


Eu aposto (mesmo sem ter visto o filme) que entre os dez Avatar e Bastardos Inglórios estarão entre eles.


Abraços !


 

Os Filmes Mais Chocantes da História do Cinema

E a coisa está andando.


Meu grande amigo Leandro Pujiz do blog Hellraiser (http://leraiser.blogspot.com/) escreveu em seu blog esse post abaixo e ele me autorizou a repostá-lo aqui no Fotograma.


Segue abaixo.


Abraços.



OS FILMES MAIS CHOCANTES DA HISTÓRIA DO CINEMA

Quem não ficou meio perturbado quando saiu do cinema após assistir o director's cut da versão original do filme "O Exorcista" em 2001??? Provavelmente a maioria das pessoas sairam dos cinemas um pouco assustado e possivelmente foram dormir pensando no filme, lembrando da garotinha levitando em seu quarto.Para muitos esse filme pode ser considerado um dos momentos mais chocantes da história cinematográfica, afinal a garota se masturba com um crucifixo e jorra sangue da sua vagina, ela bate na própria mãe, ela desce de ponta cabeça pelo corrimão da escada vomitando sangue, e seu corpo começa a se desfigurar de uma forma grotesca, afinal a pobre garota em sua pré adolescencia está possuída pelo demônio. Assustador! Porém garanto que existem filmes piores e mais assustadores...vou citar alguns breves exemplos abaixo.




O Chamado
(Ringu)

Versão Japonesa. A versão original desse filme é muito mais assustadora (começando pela capa) que a versão americana que fez um tremendo sucesso mundial no começo dessa década. Conta a história da fita que determinada pessoa assistia e depois recebia um telefonema com alguém dizendo "Sete Dias", e então sete dias depois a pessoa era morta de uma maneira terrível por um espírito de uma garotinha de cabelos longos que sai da televisão. A única coisa realmente assustadora da versão americana é o video preto e branco que as pessoas assistem no começo Algo abstrato e macabro. O poço, a escada, o espelho, a mulher se penteando, tudo bem assustador!!

TRAILER:




Amityville II - A Possessão
(Amityville II - The Possession)

Com certeza um verdadeiro clássico do Terror. A segunda e mais assustadora parte da série de filmes contando a história da amaldiçoada mansão de Amityville. O filme conta a história de uma família que se muda para a casa nova e o filho começa a ter um comportamento estranho, tipo ouvir vozes em seu fone de ouvido no qual é orientado a destruir toda a sua família, além disso ele chega ao ponto de transar com a própria irmã. Depois ele acaba matando todos os seus familiares.....diziam que a história era real, mas ficou comprovado que a mansão de Amityville é uma grande farsa.

TRAILER:



Strangeland

Filme escrito e estrelado pela lenda do Twisted Sister, Dee Snider. Apesar da história estupidamente previsível e de algumas passagens relativamente cômicas, soando como um clássico filme B, as cenas que o Captain Howdy tortura suas vítmas costurando as bocas das adolescentes ou espetando um gancho nos seios das garotas perturba bastante entre outras modificações terríveis feitas nos corpos das vítimas. Levando em consideração que o filme surgiu bem antes de Jogos Mortais, ele pode fazer parte dessa lista sem dúvidas.

TRAILER:



Irreversível
(Irréversible)



Filme francês que conta a história de um homem que pretende vingar o estupro de sua namorada. A cena do estupro com Monica Bellucci simplesmente não tem fim e é um dos momentos mais perturbadores da história do cinema. Tudo bem visual e bem explorado pelo diretor do filme.

TRAILER:




Guinea Pig - Série

Essa série japonesa feita nos anos 80 é simplesmente grotesco. Só vou citar o conteúdo do primeiro filme dessa saga. Alguns homens raptam uma garota e a torturam da maneira mais grotesca possível apenas para testar os limites de dor e sofrimento nos seres humanos. Um filme chocante sem causa!!! Chocante por chocar!!! Mas que choca e muito, afinal as cenas não são um dia de Sol na praia. Soam mais como o seu pior pesadelo no Inferno. Jogos Mortais vira um conto para ninar perto desse filme.

TRAILER - The Power of Flesh and Blood (OBS. NÃO INDICADO PARA MENORES DE 18 ANOS) :



Salo - 120 dias de Sodomia
(Salo O Le Giornate di Sodoma)

Um filme que se passa na Itália na época da 2º Guerra Mundial e mostra alguns jovens sendo raptados por quatro militares fascistas. Não precisa nem dizer que os jovens acabam sofrendo os mais terríveis tipos de abusos, dividido em 4 atos criando um paralelo com o Inferno de Dante. Sinceramente não é qualquer um que aguentaria ver esse filme, afinal o conteúdo de abuso moral, sexual além de coprofilia e mutilação é bem explorado, na verdade até demais, haja culhão para assistir. Talvez um dos mais chocantes da lista. Ahhh o diretor desse filme, Pasolini, foi assassinado pouco tempo depois da produção desse filme....-

TRECHO DO FILME (NÃO INDICADO PARA MENORES DE 18 ANOS)



Anticristo
(Antichrist)

Esse fim de semana está saindo em cartaz aqui no Brasil o filme que muitos dizem que será o filme mais chocante da história do cinema até então. Aparentemente as pessoas não se chocam com mais nada que se vê por aí, mas muitos estão falando que esse filme vai chocar o mundo com cenas terríveis como a morte de uma criança que acaba levando os pais dele a fazer os mais bizarros tipos de mutilação e auto destruição, incluindo o marido cortando o clitóris da esposa com uma tesoura.

TRAILER:



Bônus 1: A Laranja Mecânica
(Clockwork Orange)

Vejo esse filme sendo citado em muitos posts sobre filmes chocantes. De fato esse é um dos meus filmes favoritos incluindo todos os gêneros, mas eu não vejo ele como algo extremamente chocante. Talvez a cena do estupro e o tratamento de choque em Alex perturbe um pouco mas nada muito traumatizante em termos de filmes.

TRAILER:



Bônus 2: Evil Dead

Esse filme pode ser considerado um verdadeiro clichê hoje em dia, porém ele foi criado e filmado no início dos anos 80, então vale a pena ser mencionado como um bônus da lista. O longa conta a história de alguns jovens que vão passar as férias em uma cabana, porém esse lugar possui um livro amaldiçoado coberto por pele humana e escrito com sangue. Os jovens acabam sendo possuídos pelo espírito do livro. Um filme B que foi inovador e chocante na época!!

TRAILER:



E você? O que acha? Tem mais algum filme para incluir aqui?! Será que existe algo mais chocante que esses filmes? Provavelmente....se souber de algum comente!

José Leandro Pujiz
Radialista e músico

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Sessão: Lembra dessa !

Continuando ... Michael J. Fox e Christopher Lloyd reencontrando-se na série Spin City, e claro falando de De Volta Para o Futuro.

Segue o videozinho do YouTube !



Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor

Sessão: Lembra dessa !

Estreando a sessão lembra dessa , Harrison Ford atuando como Indiana Jones na série Jovem Indiana Jones no episódio da segunda temporada Mystery of the Blues.

Segue o videozinho do Youtube:



Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Join me in the dark side

Essa é divertida.

O artista Jeffrey Thomas "reinventou" algumas princesas Disney em versões dark, e seus desenhos podem ser vistos no blog do artista.

http://jeftoonportfolio.blogspot.com/2009/02/twisted-princess.html

Isso me lembrou aquele jogo pra pc American McGee's Alice, que conta uma versão alternativa e bem dark do mundo de Alice no País das Maravilhas




e da série de brinquedos da McFarlane Toys "Twisted Fairy Tales" em que a equipe magnífica da empresa de action figures americana , re-imaginou diversos personagens de contos de fada tradicionais como:



MARIA (JOÃO E MARIA)









JOÃO (JOÃO E MARIA)








CHAPÉUZINHO VERMELHO


E você ? Gosta dessas re-inveções ou acha que elas acabam com nossos "sonhos infantis" ?

Abraços.


Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor

Semelhança ou plágio ?

Estao circulando pela net a história de que o mega projeto Avatar do James Cameron pode ter sido um plágio visual da animação (que ninguém viu) Delgo lançada em 2008.




Delgo foi a pior bilheteria nos Estados Unidos em 2008, e o burburinho se tornou tão intenso que os criadores da animação já estudam a possibilidade de um eventual processo contra James Cameron e sua equipe.





Particularmente eu vejo semelhanças e não um plágio descarado, mas deixo pra vocês julgarem pelas imagens no link abaixo.

http://img.denihilation.com/delgovatar.html


Abraços.



Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor

terça-feira, 25 de agosto de 2009

HQ'S e Cinema

A cada dez novas informações registradas sobre a indústria cinematográfica norte-americana, pelo menos oito falam sobre adaptações de hq's, livros ou games.

Isso mostra como a indústria dos quadrinhos é cada vez mais poderosa e como a indústria cinematográfica tem cada vez mais dificuldades de criar conceitos e idéias novas.

Essa história de "amor" entre as duas mídias será contada por esse escriba nos próximos posts.

Abraços a todos !

E pelamor de deus comentem (rs)

Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Será que ele/ela é ?

Interrompemos nossa programação para um post extraordinário

Após ler essa notícia do UOL (http://cinema.cineclick.uol.com.br/noticia/carregar/titulo/producao-quer-robin-williams-para-interpretar-susan-boyle-nos-cinemas/id/23849), em que a produção da cine briografia de Susan Boyle está pensando em chamar Robin Williams para interpretar a "robusta" cantora escocesa, me lembrei de outros atores/atrizes que tiveram a oportunidade de viveram pessoas de outros sexos em produções cinematográficas. (PS: travestis e afins também foram considerados).


DUSTIN HOFFMAN - Tootsie (Tootsie, 1982)
Hoffman interpreta Michael Dorsey um ator que não arruma trabalho devido ao seu temperamento problemático. Desesperado Michael decide se vestir de mulher , criando o alter-ego de Dorothy Michaels para buscar um papel em uma telenovela. Hoffman entrega uma de suas melhores atuações, com o timing cômico maravilhoso, em uma performance inesquecível. A performance de Dustin recebeu o reconhecimento com a indicação ao Oscar de melhor ator em 1982 e recebeu o Globo de Ouro de melhor ator em musical/comédia.



JULIE ANDREWS - Vitor ou Vitória (Victor/Victoria, 1982)

No mesmo ano, o nemesis de Tootsie (rs). A fabulosa Julie Andrews (consagrada como Maria Von Trapp em Noviça Rebelde e a eterna Mary Poppins), empresta seu carisma, talento e voz para viver Victoria Grant , uma cantora que vive em Paris em 1934 que ao lado de um cantor homossexual vivido por Robert Preston (de Conquista do Oeste de 1940), armam um plano em que Victoria se faz passar pelo conde Victor Grezhinski que por sua vez é um transformista. Fantástico desempenho da fabulosa Julie Andrews a última das grandes divas do cinema. Julie foi indicada a melhor atriz no Oscar de 1982 e o Globo de Ouro de melhor atriz em musical/comédia no mesmo ano.



JOYCE HYSER- Quase Igual aos Outros (Just One Of the Guys, 1985)

Nessa pérola da Sessão da Tarde, Joyce vive Terry Griffith uma estudante colegial e pretensa jornalista que tem sua vaga em um estágio de verão no jornal de sua cidade negada por seu professor, somente por ser mulher. Por isso ela se veste de homem e começa a frequentar o ginásio rival (high school) para pleitiar a vaga. Joyce Hyser é lindissima, e nas poucas cenas em que aparece vestida de mulher você não consegue reconhecer aquele rapaz magrelo meio "afrescalhado" como sendo essa tremenda gata. Destaque para as cenas em que ela tenta evitar as aulas de ginástica (por um motivo meio óbvio), e na sua inusitada declaração de amor.



FELICITY HUFFMAN - Transamerica (Transamerica, 2005)

Felicity Huffman é Bree Osbourne uma transexual de Los Angeles que está economizando para finalmente fazer a operação de mudança de sexo que a transformará definitivamente em mulher. Um dia ela recebe um telefonema de um rapaz , Toby (Kevin Zegers) que foi preso em Nova Iorque e ela supõe que pode ser o pai do rapaz, num fruto de um relacionamento antigo. O filme trata desse encontro entre uma mulher se encontrando como ser humano e um jovem aprendendo a ser homem. Huffman atua de forma soberba, no ponto, perfeita. Perfeição reconhecida com a indicação ao Oscar de melhor atriz, e as vitórias no Globo de Ouro de melhor atriz em drama, venceu o Independent Spirit Awards e o festival de Tribeca.




HUGO WEAVING, TERENCE STAMP E GUY PIERCE - Priscila, a Rainha do Deserto (The Adventures of Priscilla, Queen of the Desert, 1994)

O maior road movie da história recente, conta a história dos três drag queens: Ralph/Bernadette Bassenger (Terence Stamp), Tick Belrose/Mitzi Del Bra (Hugo Weaving) e Adam Whitely/Felicia Jollygoodfellow (Guy Pearce) que cruzam o deserto australiano em direção a um show no meio do nada. As atuações afetadissimas de Guy Pearce e de Hugo Weaving e a da "senhora" Terence Stamp são magnéticas e transformam esse filme que estava fadado a ser um cult gay, num dos maiores filmes da década de noventa. Fantástico, tocante, delicado (com o perdão do trocadilho) e estupendo.



PATRICK SWAYZE, WESLEY SNIPES E JOHN LEGUIZAMO - Para Wong Foo, Obrigada Por Tudo ! (To Wong Foo, Thanks for Everything, 1995)

A versão piorada do clássico moderno Priscila, tem basicamente o mesmo enredo. Novamente três drags atravessam o país (nesse caso , os Estados Unidos) e acabam com seu carro quebrado no meio do nada,em uma cidadezinha. A diferença de qualidade começa a aparecer na escalação do elenco. Não tem como comparar Terence Stamp, Hugo Weaving e Guy Pearce a Patrick Swayze, Wesley Snipes e John Leguizamo. Porém é engraçadissimo ver o galã Swayze e o "action hero" Snipes e seus braços de halterofilista como dois drag queens.



JOHN TRAVOLTA - Hairspray (Hairspray, 2007)
John Travolta vive Edna Turnblad, a mãe zelosa da personagem principal vivida por Nikki Blonsky. A fabulosa maquiagem que transformou Travolta em uma obesa "matrona" é sensacional. John também , e apesar, também faz muito bem o papel de mamãe querida. Foi indicado ao globo de ouro de ator coadjuvante pelo papel. É a volta de Big John aos musicais onde se consagrou.




SHAWN E MARLON WAYANS - As Branquelas (White Chicks, 2004)

Esse filme é horroroso. Dito isso, passemos ao motivo dessa bomba estar na lista. O péssimo roteiro quer nos convencer que duas gatas loiras podem ser substituídas por dois policiais negros com uma maquiagem que os tranforma num cover do Michael Jackson, fora as "fantásticas" atuações, dialógos, coadjuvantes... Uma tremenda bomba !



CATE BLANCHETT - Não Estou Lá (I'm Not There, 2007)

Cate Blanchett tem uma atuação das mais impressionantes da história recente do cinema interpretando Bob Dylan com outro nome. Seu personagem na biografia multi-facetada do gênio folk norte-americano chama-se Jude Quinn. Ele representa o rompimento do artista com suas raízes folk e a adesão das guitarras elétricas em seu som. A atuação é soberba, cheia dos trejeitos mais claros de Dylan, e ainda sim entrega o frescor de uma entidade completamente distante do homenageado. Cate em seu desempenho arrebatador "levou para casa" o Oscar de melhor atriz coadjuvante e o prêmio de melhor atriz no festival de Veneza. De aplaudir de pé.



TONY CURTIS E JACK LEMMON - Quanto Mais Quente Melhor (Some It Like Hot, 1959)

A maior comédia de todos os tempos, segundo 99% da crítica especializada (discordo da eleição, só pra deixar claro minha opinião), tem em seu cerne a dupla de músicos desempregados que acidentalmente testemunham um massacre cometido pela máfia. Para fugir dos bandidos, se travestem de mulher e entram numa banda feminina. Tony Curtis e Jack Lemmon estão fabulosos como Joe/Josephine (Curtis) e Jerry/Daphne (Lemmon) com a participação deliciosa da DEUSA (em caps lock mesmo) Marylin Monroe, que mesmo sendo limitada como atriz, transborda sensualidade a cada frame. Jack Lemmon rouba a cena, e é maravilhoso vê-lo em ação como o abobado e desesperado músico. Por sua atuação foi indicado ao Oscar de melhor ator e levou o Globo de Ouro como melhor ator em comédia/musical pelo papel. Além de Jack, Tony e Marylin tem um dos finais mais ácidos e inesperados da história. Clássico de ontem, hoje e sempre.



RODRIGO SANTORO - Carandiru (Carandiru, 2003)

No irregular Carandiru , Rodrigo Santoro demonstra ser um p... ator ao interpretar sem nenhuma vaidade o travesti Lady Di, que se apaixona por Sem Chance (Gero Camilo) e casa no presídio do Carandiru. Santoro e Camilo estão excelentes, assim como outros grandes atores que estão "defendendo" o filme com paixão, mesmo com as escorregadas narrativas do Hector Babenco.



TIM CURRY - Rock Horror Picture Show (Rock Horror Picture Show, 1975)

Tim Curry estrela o mega cult Rock Horror Picture Show como o Dr. Frank-n-Furter, um alienígena do planeta Transexual que usa um pobre casal de noivos em suas experiências sexuais. Além de tudo isso, o filme ainda é um musical. Hilário, ácido, neurótico e por vezes doentio e perturbador , Rock Horror Picture Show é um dos filmes mais cults da história do cinema.



DIVINE - Pink Flamingos (Pink Flamingos, 1972)

Um dos filmes mais bizarros da história do cinema americano e mundial. A história é bizarra e conta a história do concurso da pessoa mais extrema do mundo, que é disputada pela drag queen Divine e o casal Connie e Raymond Marble. O filme é cheio de cenas absurdas , asquerosas e nojentas, e a mega estrela Divine , não pode nem ser considerada atriz, mas uma entidade. É a responsável pelas coisas mais obscenas que eu já vi na vida. Não é recomendado para estômagos fracos.



JOHN CAMERON MITCHELL - Hedwig: Rock, Amor e Traição (Hedwig and the Angry Inch, 2000)
John Cameron Mitchell é Hansel. um jovem que mora na Berlim Ocidental e que sonha em ser tornar uma estrela do rock. Ele se apaixona por um americano e para os dois poderem se casar ele precisa fazer uma operação de mudança de sexo. Dessa operação, Hedwig surge e apartir dai começa sua luta para ser um astro do rock. O musical cult, de apelo fetichista é interessante, delicado e Cameron Mitchell vai muito bem e tem a atuação de sua vida , premiado com o Globo de Ouro de melhor ator em musical e comédia. Grande trabalho e bela atuação.

Se vocês leitores, lembrarem de mais alguns personagem interpretado por homens como mulheres ou vice versa , comentem ai embaixo.
Abraço !
Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Por que De Volta Para o Futuro é a maior trilogia da história do cinema ?

A resposta é bem simples.

Por que De Volta Para o Futuro atinge a todos !

Quando alguém assiste a Marty McFly tocando Johnny Be Good e vendo sua mão se recompondo na frente dos nossos olhos, você realmente acredita que aquilo está acontecendo.

A identificação de qualquer pessoa com a história dos McFly é imediata. A história toca fundo em indagações que todas as pessoas tem em relação a suas próprias vidas. Quem nunca imaginou como seriam seus pais quando mais novos ? Quem nunca ficou tentado a acompanhar um grande evento, ou a mudá-lo ? Quem nunca pensou em acompanhar seu futuro ou da seus entes queridos ?

A trilogia De Volta Para o Futuro responde, ou melhor, indica as respostas para essas indagações.

Diferente de Poderoso Chefão, Senhor dos Anéis, Indiana Jones, a trilogia das Cores de Kiezslowski, ou da dos dólares de Leone, TODOS conseguem se identifcar com a história e não conheço ninguém que não goste dos filmes de McFly.

Não é por que De Volta Para o Futuro é uma aventura leve que não é tão importante quanto os mega premiados Senhor dos Anéis ou o Poderoso Chefão, ou dos conceitualizados trilogia das cores ou a dos dólares.

Nos próximos posts vou aprofundar as características das grandes trilogias da história do cinema.

E você ?

Qual sua trilogia favorita ?

Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor

Bond... James Bond

Para começar um videozinho feito por mim mesmo, bem feinho mas limpinho, com todos os posteres da mega-série 007.

Não a muito o que se dizer sobre Bond, sobre Ian Fleming e sobre a magnífica série criada pelo produtor Albert Broccoli.

Muita gente não entende o fascínio que o agente James Bond exerce sobre todos os fãs.

Eu acho que Bond nos leva num mundo mágico onde o grande agente secreto inglês sempre se dará bem, sempre triunfará. Isso nos dá uma paz de espírito e uma segurança em que nossos problemas sempre serão resolvidos.

Apesar dos efeitos especiais, vilões apocalipticos, mulheres deliciosamente lindas, atores bons e alguns bem canastrões, produções magníficas, e tudo mais, Bond nos dá aquela incrível sensação de que não importam os problemas, o bem sempre vencerá o mal.

Abraços.

PS: Perdoem-me pelo vídeo nível zero de capacidade (rs).


video

Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor

Fotogramas Digitais

Moçada ... o Fotograma Digital chegou.

Nele , sem nenhuma pretensão jornalística, vou dividir com cada leitor minha paixão pelo cinema.

Se o pessoal quiser participar e divulgar suas idéias sobre qualquer coisa relacionada a cinema é só mandar um recado nos comentários.

Abraços !

Alexandre Landucci
Editor Chefe, Radialista, Escritor