sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Piores do Ano


Não vi todas as porcarias que a maioria dos colegas e amigos disseram ter sido lançadas durante o ano (sim, evitei boa parte das """"comédias"""" brasileiras), mas acabei vendo algumas bobagens bem desagradáveis. Segue a lista:

10 - O Grande Gatsby
(The Great Gatsby, 2013)

Baz Luhrmann infernizou os espectadores com essa versão surtada e cheia de exageros, pupurina e música moderna do clássico livro de F. Scott Fitzgerald.


9 - Uma Ladra sem Limites
(Identity Thief, 2013)

Melissa McCarthy merecia muito mais do que esse arremedo de comédia que não deve ter deixado nem seus pais felizes.


8 - Silent Hill: Revelação 3D
(Silent Hill: Revelation 3D, 2012)

Diferente do primeiro Silent Hill, essa sequência canalha não assusta e apenas irrita.


7 - O Ataque
(White House Down, 2013)

Querendo ser engraçada e contar com boas cena de ação, fez gente como Jamie Foxx e Maggie Gylenhaal passar vergonha.


6 - Amor Pleno
(To the Wonder, 2012)

O insuportável Amor Pleno mostra que Terrence Malick não é "perfeito".


5 - Colegas
(Colegas, 2013)

Apresentado como um filme sobre integração, é no máximo uma comédia histérica e sem muito sentido e que se apoiou no fato de seus protagonistas serem portadores da Síndrome de Down para angariar a simpatia popular.


4 - Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos
(The Mortal Instruments: City of Bones, 2013)

Um belo exemplo da qualidade muito questionável da nova literatura "fantástica", que se apoia em temas repetidos, romances fajutos e personagens irritantes.


3 - Gente Grande 2
(Grown Ups 2, 2013)

O novo filme de Adam Sandler. Já basta, né?


2 - Se Beber, Não Case 3
(The Hangover Part III, 2013)

A série que surgiu como uma dose de frescor nas comédia americanas e termina como uma das piores coisas já lançadas recentemente no circuito comercial.


1 - Pieta
(Pieta, 2012)

Os filmes listados até aqui são ruins por serem mal realizados, sem graça ou "chatos". Esse é ainda pior (e por isso lidera a contagem), já que além de tudo isso acima ainda apresenta uma dose generosa de pedantismo, numa tentativa irritante de querer "dizer alguma coisa".

2 comentários:

  1. Que ótimo você ter publicado sua lista de piores do ano, assim me economiza tempo para fazer outras coisas ou mesmo assistir outros filmes mas não estes. AMOR PLENO foi o único destes que assisti e odiei, é insuportável mesmo. Obrigada

    ResponderExcluir